Mudar é Preciso


Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos - não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.



Foi despedido do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações? Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu. Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó.



Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seu marido ou sua esposa, seus amigos, seus filhos, sua irmã, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco. O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.



As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora. Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem. Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração - e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.


Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do “momento ideal”.



Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: Diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - Nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade. Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. 


 Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.



Autora: Sonia Hurtado
Imagens: www.google.com.br

 EXCELENTE DOMINGO A TODOS



16 comentários:

Rosinha Benvenga e Teresinha Putrini Bortolotto postou o comentário número:

oi Josy bom dia parece que foi feito para mim esse post bjs Rosinha

Criar Com Coração postou o comentário número:

ai ai ai Josy...faz tempo q não entro no blog, e hj estava triste e lembrei das suas mensagens de domingo e vim correndo e parece q vc sabia das minhas angustias, tudo q li aqui hj q vc postou é p mim, não tenho duvidas...já estava chorando e li o texto todo em lágrimas...vou ler todos os dias...obrigado...sinto saudades de blogar e t visitar todos os dias, mas quem sabe um dia consigo voltar ao blog com a mesma intensidade de antes...beijos minha grande amiga.

Bombom postou o comentário número:

Excelente texto com um tema imprescindível para quem quer subir mais um degrau na sua caminhada para o Infinito!...Antes de lá chegar, temos de encontrar os meios de evoluir para a Maturidade e este que assinalas, é um dos mais importantes.
Obrigada por nos trazeres mais esta reflexão dominical! Bom Domingo para ti. Bjs. Bombom

Maria de Lourdes Ruiz postou o comentário número:

OI amiga Josy, se tem uma coisa que aprendi é de saber quando é a hora de encerrar um capitulo pra que outro possa ser iniciado. Ainda hoje falava isso pra minha cunhada, e dizia que precisamos encerrar completamente pra que não precisemos olhar pra trás.
Gostei do texto porque ele reforça uma decisão que conscientemente já tomei, e agora estou tomando todas as providências pra que isso se concretize.

Bjs e bom resto de domingo pra você!

cristina fonseca postou o comentário número:

Apetecia-me tanto dar esse passo ... sacudir esta poeira e passar a ser eu mesma... :(
Queria tanto começar um negócio meu ... Cada vez me parece mais longe ...
Beijinho doce e bom Domingo

Marta Bernardes postou o comentário número:

Texto lindo Josy me emocionei, pois as vezes é necessário deixar algo para trás e investir no novo!!
Bjs e lindo domingo

Andréa postou o comentário número:

Boa tarde minha amiga!
Lindo texto, ótimo para refletirmos! Vc tem belas escolhas e nos ajuda muito! Valeu!

Tenha um ótimo final de domingo!
bjs ♥

SarinhaT - No Conforto da Minha Cozinha postou o comentário número:

Um grande beijinho Josy. :)
Bom Fim-de-semana!
Espero que esteja tudo bem por aí...

Prata da casa postou o comentário número:

Olá Josy: belíssimo este texto.Nada como encerrar alguns "capítulos" da nossa vida e seguir em frente. Novas oportunidades surgirão se decidirmos tentar e experimentar algo de novo. Adorei.
Bjn
Márcia

Guloso e Saudável postou o comentário número:

Oi Josy,
É a nossa caminhada para a evolução natural e obrigatória, um passo de cada vez.
Ótimo texto, beijo,
Vânia

Ana Paula postou o comentário número:

Caramba, hj mesmo estava pensando em algo parecido... Como as pessoas dependem de outras coisas para serem felizes q não elas mesmas... Aí, qdo eu digo q amo minha vida, meu trabalho, as pessoas me julgam de hipocrita... poxa, eu sou responsavel pela minha felicidade... só eu...

Léia postou o comentário número:

Josynha minha flor, tenho sentido sua falta, mas não veja como cobrança e sim como um declaração de carinho.
Você sempre escolhe textos que nos transmitem lindas lições de vida e sabedoria.Belissima escolha.Beijos minha amada, tenha uma semana especialmente abençoada e feliz.

Cozinha de Mulher postou o comentário número:

Nossa que texto lindo..
E verdadeiro..
Nos prender as coisas, ou pessoas não nos dá a oportunidade de começar uma etapa nova em nossas vidas e com isso muitas vezes deixamos de ser felizes como deveríamos..
Puxa.. estava precisando de palavras assim nesse momento..
Não ter medo das mudanças ou do recomeço..
Ele é preciso para podermos nos encontrar..

Um beijo minha linda e que sua semana seja mais que especial..
Te adoro de montão..

Pri postou o comentário número:

Querida Josy,bom dia :-)!

Desculpe a ausência o tempo para mim se tornou bastante curto com meu regresso ao mercado de trabalho.

Prometo sempre que puder ser mais presente aqui no seu cantinho delicioso e babar nas suas receitas.
Neste momento estou por encerrar a noite e me preparar para mais uma semana agitada, e o mais gostoso é que vou descansar com este texto belíssimo na mente. Muito do que foi dito me fez perceber onde estou errando,obrigada por dividir conosco essas reflexões certamente a partir desde momento estarei em paz comigo mesma.

Por hora desejo a você e aos seus entes queridos tudo de bom e uma semana repleta de coisas boas.
Que nosso Pai que estás nos céus nos permita termos mais uma semana com bastante saúde e vitalidade.
Super beijo cheio de saudades da Pri!!!

Receita Zada postou o comentário número:

Josy!Que texto mara! Mudar dói, mas é sempre ótimo! Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...