Crescimento Populacional



O tema controle da natalidade ainda é um assunto que causa muita polêmica, por isso é tão pouco abordado.
Há muitos aspectos a serem questionados, tanto do ponto de vista ideológico, quanto cultural e religioso. A classe média alta, por ter mais acesso a informação, faz uso de métodos anticoncepcionais, tendo em média dois filhos, semelhante à política adotada em países ricos. Já a maior parte da sociedade brasileira não tem acesso aos mesmos recursos e dispensam menor preocupação com as condições que darão a seus descendentes. Essa classe sem privilégios é onde deveria ocorrer um controle maior da natalidade, minimizando os problemas sociais para o país. A partir dessa iniciativa seriam evitados abortos indesejáveis, crianças abandonadas, exploradas, prostituídas e com um futuro quase certo para a criminalidade, que é a atual realidade das grandes cidades do Brasil e dos países pobres.
A China tem um rigoroso sistema de controle de natalidade desde os anos 70, quando a taxa de filhos por casal era de 5,9. Isso mesmo, cada casal tinha em média 6 filhos. Esse índice caiu para 1,7 em 2005, trazendo à tona a outra face do sistema. Acontece que, devido à política chinesa de “um só filho”, o número de meninas abortadas é grande e, ainda em 2005, para cada 100 meninas nasciam 118 meninos. Isso se deve ao fato das famílias preferirem meninos para ajudarem nos trabalhos domésticos, principalmente em áreas rurais.



O controle da natalidade é indispensável pois o planeta está acima de sua capacidade máxima de ocupação e há evidências de falta de alimentos e água para as próximas décadas. Como alternativa, a limitação de 2 filhos por casal, beneficiaria as condições sócio-econômicas do país, principalmente nos grandes centros onde a maior porcentagem da população carente tem muitos filhos. Com número estável de habitantes, os planos assistenciais seriam mais facilmente desenvolvidos e o meio ambiente poderia ser mantido.




Onde foi que homem errou, ao ocupar tanto e de forma tão desigual a superfície do planeta?  Os conservadores, por exemplo, dirão que a culpa é dos pobres, sempre tão férteis e tão imprevidentes. Os progressistas acusarão as injustiças na distribuição da renda, tanto dentro de cada país como entre os países. Para além dessas simplificações, no entanto, pode-se dizer com alguma margem de confiança que tudo começou com os avanços da Medicina.
De fato, como resultado da revolução científica do século passado, não só os adultos começaram a morrer mais tarde como a mortalidade infantil iniciou uma queda sem volta. Assim, a população mundial cresceu 70 por cento entre 1800 e 1900, e outros 50 por cento entre 1900 e 1950. Na década de 60, a espécie humana multiplicava-se alegremente ao ritmo de pouco mais de 2 por cento ao ano. Parece nada, mas é uma explosão: uma taxa de crescimento anual da ordem de 2,5 por cento significa dobrar a população em menos de trinta anos. Isso exige, apenas para manter o padrão de vida da geração anterior, dobrar também toda a malha de bens e serviços à disposição dessa massa humana - desde o número de casas ao de vagas nas escolas, desde a produtividade agrícola à capacidade do sistema de transportes. Haja dinheiro.



Se no planeta com 6 bilhões de habitantes, a população já se encontra no limite, imagine-se com 10 bilhões de pessoas previstas para o ano de 2050. Países como a Índia terão um acréscimo de 519 milhões de pessoas, China 211 milhões e o Paquistão de 200 milhões até o ano de 2050. Se não for realizado um controle da natalidade, seremos todos responsáveis pela condenação de milhões de pessoas a morrer de fome ou sede. A morte por fome já é uma realidade em vários países da África e tem sido destaque na imprensa diariamente. Com base nestes dados, como se pode pensar em não fazer um controle da natalidade?

Fonte: http://www.superinteressante.com.br/
Imagens: http://www.google.com.br/


Bem, depois desse longo texto (me desculpem) a minha sugestão de hoje é essa superpopulação de biscoitinhos,  me renderam 45  que também sairam de controle e acabou em questão de dois dias.

Biscoitinhos de Creme de Amendoim




A receita tirei AQUI



Depois de prontos, banhei em chocolate ao leite. Como tem uma turma que gosta de coco, salpiquei coco, metadade dos biscoitos, e o restante deixei só com o banho de chocolate

Ficam bem macios e deliciosos...Bom Apetite!!

E esta foi a minha participação na Blogagem Coletiva
Teia Ambiental



Um ótimo Feriado à todos!



16 comentários:

são33 postou o comentário número:

JOSY QUE DELICIA DE BISCOITOS,E COM ESSE BANHO DE CHOCOLATE FICARAM BEM GULOSOS,COMO EU GOSTO.
JÁ COMIA UNS QUANTOS AO PEQUENO ALMOÇO.
BOM FERIADO.
BJS

Moni postou o comentário número:

Querida Josy, sempre atenta a tudo que se passa á nossa volta :) é importante de facto ter atentão á taxa de natalidade eu sinceramente cá em Portugal acho que há poucas crinças e cada vez menos também devido ao facto da situação económica do País.
Os biscoitos estão muito gulosos e para mim pode ser com chocolate e côco :) :)

Beijinho grande e bom feriado

paty postou o comentário número:

Josy querida, que bombons maravilhosos, ficaram um mimo :))Beijinho grande e bom feriado!

Elaine Figueira postou o comentário número:

Oi Josy, concordo plenamente com você. Não acredito que devemos impor uma quantidade de filhos, mas sim, dar condições a todos para tenham acesso às informações sobre superpopulação mundial e contraceptivos.

Já li em algum lugar que estamos absorvendo 50% das reservas naturais do planeta todos os anos.

Abraços,

Elaine

Andréa postou o comentário número:

OLÁ QUERIDA JOSY!
ÓTIMO POST! COM TANTA TECNOLOGIA E INTELIGENCIA QUE DEUS NOS DEUS O MUNDO PRECISA MUDAR MUITO,MAS O EGOISMO NÃO DEIXA.
AGORA ENVIA POR SEDEX UNS BISCOITINHOS DESTES AÍ RSRS, HUMMMMMMM, É DE BABAR!
ADOREI A IDEIA QUERIDA!

BEIJOS........

Lourdes Sabioni postou o comentário número:

Esta super população de biscoitos não mataria a fome de meia dúzia de blogueiros...KKKKKK!!!
Beijos!

Mary - Strawberrycandy postou o comentário número:

Bem, hoje em dia é difícil criar os filhos,..está tudo muito caro,....
Quanto aos biscoitos uma verdadeira tentação!
Beijinhos

Mary - Strawberrycandy postou o comentário número:

Bem, hoje em dia é difícil criar os filhos,..está tudo muito caro,....
Quanto aos biscoitos uma verdadeira tentação!
Beijinhos

Mary - Strawberrycandy postou o comentário número:

Bem, hoje em dia é difícil criar os filhos,..está tudo muito caro,....
Quanto aos biscoitos uma verdadeira tentação!
Beijinhos

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " postou o comentário número:

Josy irmã querida,

Este tema foi muito bem abordado e como sempre é atualíssimo!
"Na minha opinião", o ser humano não soube se organizar, foi um descontrole geral, e o resultado é o que estamos vendo todos os dias no mal atendimento da saúde pública, muita gente passando fome, e tantos outros problemas que você já citou na postagem.
Não adianta jogar a culpa só nos governos, pois eles também não se atualizaram e com isto a população aumentou, mas os serviços continuam sendo apenas para um limitado número de pessoas.
E cabe também a cada nação, procurar se desenvolver intelectualmente, ser mais ativa e procurar se informar mais.....depois que nossa Mãe Terra resolve se equilibrar mandando as "tais tragédias", todos ficam desesperados, mas na verdade é apenas ela também tentando encontrar seu equilíbrio.
Este crescimento desenfreado da população, mais tudo que existe em cima da Terra, está deixando-a cada vez mais densa, e para um planeta que está em fase de ascensão, sabemos que a idéia de peso não combina, portanto, a própria Natureza se encarrega de se equilibrar.

Um grande beijo em seu coração!!!

♥♥ belinhagulosa ♥♥ postou o comentário número:

Um bom tema amiga...quem me dera ter esta capacidade de escrita...

e os biscoitinhos ficaram uma delicia...

e desculpa a minha ausência ando um pouco atrasado, tenho o meu sogrinho internado e passo os dias em casa com a minha sogra que está acamada....bjokinhass

RUTE postou o comentário número:

Ah ah ah superpopulação de biscoitinhos, essa aí foi bem bolada.

E sabe no que pensei de imediato:
Pois é, o problema da sobrepopulação é não ter quem nos coma :)

Porque os biscoitinhos logo entram em extinção, agora a humanidade multiplica-se desgovernadamente graças à abundância, à medicina, à segurança, ao equilibrio ambiental...

Até quando?
Será que o planeta está tomando medidas drásticas para diminuir essa tal superpopulaçao?
Será que essas medidas são catastofres naturais, escassez de recursos, epidemias do séc.XXI, para acabar connosco, tal e qual nós acabamos com os biscoitinhos?

Achei piada ao paralelo.
Sai por aí dissertando :)
Beijos.
Rute

Adelaide Araçai postou o comentário número:

Amiga, eu sou bastante inflexivel no assunto filhos, acredito que quando uma pessoa com renda de até 4 salários vai dar a luz o médico já deveria fazer a laqueadura e vasectomia do marido. Sei que a idéia não vai pegar, mas creio que seria a única forma saudável de controle.

Quanto aos biscitos, amo amendoim, e você ainda estragou tudo dando esse banho de chocolate...claro que eles evaporam...até quem não é fã de amendoim come.

Abraços

Lina postou o comentário número:

Olá, Josy!Óptimo tema!Embora cé em Portugal a população mantenha-se sempre a mesma, neste momento há um envelhecimento da população, como em toda a Europa. Há um desequilíbrio imenso no mundo, e enquanto houver estamos em perigo constante!
Adorei a tua superpopulação de biscoitos, não me importava nada de ter alguns desses para tomar um café, são tão lindos e devem ser deliciosos!
Beijinhos verdes

Denise postou o comentário número:

Josy, se na minha casa tivesse um biscoitinho assim, tb sairíamos do controle.
Com relação ao controle de natalidade, além dos problemas q vc apontou, penso q com muitos filhos não cuidamos bem de nenhum. É necessário boa alimentação, boa educação, carinho, companheirismo. E isso custa tempo e dinheiro. E como fazer isso bem se tivermos muitos filhos? Julgo impossível. Temos q adotar um estilo de vida responsável. Isso não só em relação aos filhos, mais a tudo o q nos rodeia. Muita paz!

Flora Maria postou o comentário número:

Essa super população de biscoitos está excelente !!!
Quanto ao grande número de habitantes do planeta, outro dia uma amiga estava dizendo que o problema não é esse, e sim, a grande aglomeração nas cidades, pois ainda existe muito espaço vazio por aí,no campo !

Cheguei hoje de viagem, e coloquei mais fotos e palavras na minha postagem sobre queimadas. Também respondi seu comentário.

Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...