Mudar de Casa


Chega um tempo na vida da gente que sentimos a necessidade de mudar, seja de casa ou de nós mesmos...
Largar coisas muito enraizadas e profundas, mas que já não servem mais.
Então surge a idéia de olhar casas novas, em todos os sentidos!
Quem sabe algumas que possuam ruas estreitas que precisamos percorrer...



Ou outras que fiquem em ladeiras bem íngremes, para desenvolver a nossa força.


Ou quem sabe simplificar, resgatar o velho e criar um novo lugar!
Ou talvez procurar uma nova casa, que tenha muita água por perto, para amolecer a nossa argila, que são as nossas crenças...



Muitas vezes não é necessário trocar de casa, mas olhar com outros olhos para dentro dela.
Quem sabe, olhando melhor, possamos visualizar um rio com águas transparentes, que tem a capacidade de levar embora as preocupações que não precisamos mais!
Ou ainda águas que reflitam o nosso interior!


E se ainda pudermos ir para perto do mar, que maravilha!
Quantos ensinamentos ele tem para nos dar, basta se aquietar e observar
Lugares que tenham água por perto, ajudam a amolecer a terra seca, que são iguais a nossa dureza, rigidez e incompreensão.



Olhar através de arcos, resulta em enxergar aquilo que realmente precisamos ver!
Começar a entender que a casa é a nossa morada, somos responsáveis por ela.
Podemos dar cor ou não...mas o colorido exige mais cuidado!



Observar se não estamos construindo muros muito fechados em volta da nossa casa.
Muros separam, pontes ligam, aproximam...



Através das pontes podemos ver o outro lado.
Conhecer o outro lado muda a nossa percepção... Nos transforma...



Começamos a ter uma nova visão!
E com a nova visão, fica mais fácil pensar na nova construção ou reforma!
Precisamos nos aproximar mais das pessoas? Por acaso nos isolamos demais?
Ou precisamos nos aquietar mais... Quem sabe um lugar mais alegre?
Ou precisamos caminhar silenciosamente por ruas desconhecidas...



Olhar para nossa casa requer coragem e força...é enxergar o que precisa ser mudado e se desapegar do velho! É olhar fundo...
E quando o desapego acontece, ele nos leva à situações caóticas, mas valiosas!
Neste momento surge uma confusão de cores e caminhos!



É a reforma... Muitas vezes surge o frio e o escuro...
Mas como tudo passa, sempre vem o novo dia para clarear! Toda reforma ou mudança traz caos?. Mas precisamos lembrar que vale à pena, o resultado chega!
Se a angústia bate à porta é hora de abrir e atender!



Ela vem avisar que alguma coisa precisa mudar!
Quem sabe uma pausa para refletir sobre tudo isso!
Olhar para o rio e perceber que ele corre sozinho...tem seu tempo... Faz seu curso e segue livre...
A cada lugar que o rio passa, ele vê novas paisagens... e nós, queremos nos fixar! Permanecer!
É hora de recomeçar, mudar de casa ou reformar! Assumir responsabilidades, ser dono dela! Com certeza não é fácil, mas vale à pena....




EXCELENTE DOMINGO À TODOS






 

26 comentários:

Catarina postou o comentário número:

Quando eu era pequena, motivada pelos livros que lia, queria ter uma casa perto de um rio, com árvores enormes, trilhos misteriosos mas seguros que me levariam a novos “mundos”. Hoje mantem-se o mesmo sonho que nunca se concretizou. Hoje sou mais da cidade e não gosto de mudar de casa muitas vezes. Mas o que estou a pensar é mesmo ver-me livre de coisas que não têm mais utilidade . Quero uma casa “minimalista” e é isso que estou a tentar fazer. Quanto mais minimalista for a casa... menos trabalho dá a limpar e arrumar! Eureca!
Bom domingo!

RUTE postou o comentário número:

Gosto muito dos domingos na Cozinha da Josy! Já disse mais vezes e torno a repetir.
Os domingos são menos caloricos que os restantes dias por aqui (risos). São domingos light de enlevo espiritual.

Amei o simbolismo da mudança de casa como caminho para mudar a forma de enxergar a vida. É disso que vamos falar no dia 15 JUN, na reintegração de tudo o que já vivemos numa visão mais ampla de amorosidade. Como fala meu post Reintegrar o inútil em útil.

Estamos em sintonia. Vamos transformar o amor de apegos e desapegos em amor inteiro, equilibrado.
Beijo de luz.
Rute

Andréa Mota postou o comentário número:

O lado literal dessa procura não é nada fácil. Quando sai de casa, fui arrancada por um surto de emergência, uma vontade de fazer por mim, mas com o tempo você percebe que tem mais infortúnios que outra coisa. Eu estou em um lugar que nem minha casa posso chamar. Nesse entremeio da vida, eu sinto saudade da antiga casa, com minha mãe que sente minha falta e sinto saudade de uma casa que anda não pude construir, mas que será um dia minha. Ando dividida, mas a única coisa que sei é que devo mudar. Adorei seu texto, despertou em minha muitas saudades...

são33 postou o comentário número:

JA LHE DISSE QUE ADORO OS SEUS POST DE DOMINGO.
BOM DOMINGO
BJS

Sandra Mitsue postou o comentário número:

Oi Josy...
Lindo! Lindo e lindo! Amo essas mensagens edificante nos seus post de domingo...Um ótimo domingo,
e uma semana maravilhosa!!

Que o teu amanhã seja todo pleno,
como o azul do infinito.
Que a tua semana possa ser de
muitas alegrias, coragem
e energias positivas.

Beijos
♥San...

Margarida postou o comentário número:

Imagine que todos somos um presente, uma prenda,... Quando nos é oferecido 1 a primeira coisa que olhamos é o seu involucro, e tem muitos que sao esmerados ate ao ultimo pormenor, nos captam a atençao pela sua beleza, pela sua elegancia, temos ate pena de desembrulhar, nos enchem a vista e nos fazem desejar ser assim,... Aí cuidadosamente retiramos tudo o que possuem, brilhantinas, fitas coloridas papel do melhor e mais caro, de preferencia de marca... abrimos a caixa,,, e tantas, mas mesmo tantas vezes somos surpreendidos pelo lado negativo... pois desnudando esse presente, chegamos á conclusao que nao tem dentro aquilo que pensavamos, sao vazios, vivem da aparencia porque infelizmente nossa sociedade assim o permite... E outras tantas somos surpreendidos por aquele que ficou meio escondido, timido, que nao reparamos ofoscado pelo brilho dos outros, e quando retiramos aquele papel encontramos um lar onde podemos repousar, porque ha paz, tranquilidade, amor... sentimentos... esses pequeninos, por vezes sao tao grandes que suas qualidades ofuscam a aparencia dos outros,... tal como uma casa, uma casa pode ser chique bem, ter moveis de ultima geraçao, tudo do bom e do melhor, podem comer marisco todo o dia... mas nao existe o mais importante, UM LAR, e um lar, é onde nos sentimos bem, onde encontramos a tranquilidade necessaria para recarregar as baterias para enfrentar o dia a dia...

Desculpa meu entusiasmo, mas eu quando começo a falar,,, nosso me coloca um travao... senao se solta esta vontade louca de escrever, escrever sem limites aquilo que vai na alma!!!

Beijocas

Brechique da Dodoca postou o comentário número:

Minha querida amiga,
Esse seu texto deu um nó em minha cabeça!!!
O texto é lindo, as imagens que vc escolheu perfeitas, e fazem a gente encafifar. Encafifar pro bem e isto é muito bom!
Bjsssssssssssssss, quérida!
Bom domingo!

Artes da Mel postou o comentário número:

Josy adorei ler seu post! Inspirador!!!
Um lindo finalzinho de domingo pra vc!!!
Bjosss
Mel

Narwen Ninniach postou o comentário número:

Que lindo texto...
Desde pequena que sonhei com uma casa em diversos sítios diferentes...mas não passaram de sonhos.
Hoje em dia...reconheço que vivo num sitio lindo e abençoado...com natureza à volta, muita história e repleto de paz e sossego.

Beijinhos e boa semana

Guloso e Saudável postou o comentário número:

Oi Josy,
Lindo post, continuamente necessitamos de nos reconstruir, de renovar interiormente, é necessário evoluir.
Beijo, bom domingo,
Vânia

Andréa postou o comentário número:

Querida Josy,
fico encantada com seus posts de domingo, vc tem ótimas escolhas e muita paciência além de bom gosto e carinho por nos trazer mensagens lindas e enriquecedoras.
Já morei em várias cidades, e sempre digo que queria ser uma cigana só pra ficar mudando, a vida é tão curta é muito bom conhecer novos lugares e pessoas diferentes.
É bom ter o aconchego do lar, o nosso cantinho arrumadinho, mas tudo passa e as mudanças tanto no material quanto no espírito são boas nos ajudam muito.

Espero que o seu cachorrinho esteja melhor, hoje vi um lindinho e me lembrei do seu.
Fica com Deus!
bjs ♥

Maria Inês Feijó postou o comentário número:

Josy- Mudar é uma tarefa que requer, antes de mais nada, muita coragem!!As vezes esperamos grandes mudanças de imediato quando a vida não anda da forma que queríamos, mas sempre acreditei que mudando pequenas coisas, pouco a pouco, os resultados terminam vindo. Belo post! Bjs e uma ótima semana!

Renata Boechat postou o comentário número:

Minha querida Josy

Peço desculpas pelo meu sumiço, mas a vida não está fácil, ou melhor, está sim bem fácil, pois trabalhar e vencer é sempre muito bom, graças a Deus!

Mudar de casa, ou apenas mudar a casa onde moram nossos pensamentos é sempre um exercício que devemos fazer, nos transportar, levar a nossa energia para outros locais, e trazer energia de outros tantos...

Lindas as fotos que você escolheu para ilustrar um texto igualmente rico,

Obrigada pelo carinho de sempre,
Um grande abraço pra você!

Renata Boechat postou o comentário número:

Minha querida Josy

Peço desculpas pelo meu sumiço, mas a vida não está fácil, ou melhor, está sim bem fácil, pois trabalhar e vencer é sempre muito bom, graças a Deus!

Mudar de casa, ou apenas mudar a casa onde moram nossos pensamentos é sempre um exercício que devemos fazer, nos transportar, levar a nossa energia para outros locais, e trazer energia de outros tantos...

Lindas as fotos que você escolheu para ilustrar um texto igualmente rico,

Obrigada pelo carinho de sempre,
Um grande abraço pra você!

Adelaide Araçai postou o comentário número:

Sabe eu já mudei tanto e tantas vezes (também de cidade e residencia - mas é da outra mudança que falo), por vezes me vejo pensando onde foi parar aquela menina revoltada e criativa - em outras agradeço a Deus por ela ter sumido de vez, pois sei que se permanecesse o resultado seria muito tragico.

Mudar para mim é sempre bom. Tenho uma essencia unica, mas hoje não sou o que fui a 10 anos atras e daqui a 10 anos não serei o que sou hoje, espero me aperfeiçoar e melhorar sempre.

E você amiga, tem mudado bastante de casa?

Muita Luz e Paz
Abraços

Denise postou o comentário número:

Josy, nossa casa interior é responsável pelo nosso estado de felicidade ou infelicidade, as vezes mudar o ambiente externo, só mascara nossas necessidades internas. Como bem diz o texto, precisamos construir pontes.
Obrigada pela visita, quanto às suas colocações sobre os animais, mesmo tendo conhecimento sobre a necessidade do sofrimento para todos do nosso planeta, tb ainda me revolto com os maus tratos aos animais. Muita paz!

Denise postou o comentário número:

Josy, o mais importante é a manutenção de nossa casa interior, ela é responsável pelo nosso estado de felicidade ou infelicidade. As vezes as mudanças externas só mascaram nossas dificuldades internas.
Obrigada por sua visita. Quanto às suas colocações sobre os animais, mesmo sabendo da necessidade do sofrimento como aprendizado em nosso planeta, tb me revolto com os maus tratos aos animais. Muita paz!

gina postou o comentário número:

Josy querida.
LINDO,Lindo! texto. Me deliciei e refleti a cada frase...Lindas imagens...Parabéns amiga é sempre muito bom ler seus textos no fim de semana. Já se tornou um vicio. Beijinhos da Gina

Léia postou o comentário número:

Linda sua reflexão.Nos leva a analisar nosso íntimo e pensar o que precisamos mudar.Amei querida.Deus te abençoe sempre.Beijos.

Simplesmente Martha postou o comentário número:

Ameii o post quanta coisa legal! beijinhos tenha uma linda semana!

Danni e Lype postou o comentário número:

Querida Josy,
ADOREI o seu post... Que mensagem bonita... parece que foi feita para mim...
Eu preciso a acostumar ou a aceitar melhor as mudanças que para mim não são tão fáceis...
Grande beijo e uma ótima semana, Irene

Marly postou o comentário número:

Olá, Josyta,

Belo post (e cheio de imagens graciosas, belo duas vezes, portanto, rsrs).
Mudar faz bem para a alma, seja de casa ou de nós mesmos. E, sem dúvida, as atribulações e dificuldades costumam nos fortalecer e burilar.
Mas, cá para nós, eu não gostaria de me mudar para uma casa localizada no sopé ou no alto de uma daquelas ladeiras de Ouro Preto, apesar de amar a cidade, rsrs. É que subir a ladeira é fogo, não sei como aquele povo aguenta, rsrs.
Ah, eu adoro a 'Me and Mrs Jones' e já a cantei muito no banheiro, rsrs.

Beijo, boa noite e boa semana, amiga!

Yolanda postou o comentário número:

Querida Josy, amei a mensagem de reflexão, a vida é uma mudança constante. Quando criança a janela da casa onde nasci dava para o rio São Francisco e muitas vezes ele parava feito um espelho a refletir nossa alma. sinto saudades... Bjs.

luci postou o comentário número:

Adorei o texto e que fotos lindas beijos

Cucla postou o comentário número:

Obrigado por fazer as mudanças que tenho vivido tornarem-se mais leves...
Estou mudando outra vez....cm um medinho de não me acostumar, mas com coragem para querer melhorar....obrigadoooooooo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...